5 minutos com Leonardo Almeida
Por: Renato Dalzochio Jr
Em 26/11/2015
Paranaense conquistou seu primeiro título nacional de MX. O que ele tem a dizer? Descubra nesta entrevista

O Campeonato Brasileiro de Motocross 2015 terminou nos dias 21 e 22 de novembro e na categoria Júnior o paranaense Leonardo Almeida, de 16 anos, conquistou o primeiro título nacional de sua carreira, com uma etapa de antecedência. Um sonho de infância realizado, segundo o próprio piloto. Mas, e o que tem a dizer sobre esta conquista? Confira a seguir em entrevista exclusiva concedida ao Cross Clube Brasil.

 

Leonardo, parabéns pelo seu primeiro título brasileiro de motocross. Como está se sentindo?

Primeiramente muito obrigado. Eu estou me sentindo muito bem, muito feliz, pois esta é a realização de um sonho de infância que eu tinha quando assistia as corridas do Brasileiro de Supercross aqui em minha cidade e sonhava em me tornar um piloto de nível nacional. Acho que ainda não me caiu a ficha de que consegui ser Campeão Brasileiro de Motocross, mas o pouco que já sinto já é com certeza a melhor experiência que já tive em toda a minha carreira.

 

Você garantiu a conquista com uma etapa de antecedência. Conte-nos como foi o fim de semana e a corrida em Tapejara (RS).

A etapa de Tapejara foi com certeza a melhor da temporada. Eu cheguei na corrida sabendo que se garantisse a primeira posição e o meu adversário ficasse em 4° eu me tornaria campeão. Nos treinos tive uma performance impecável, sendo o mais rápido em todos eles. Na corrida, havia pouca pressão em cima de mim, já que não era necessário que eu ganhasse a prova e sim que eu fizesse bons pontos. Mas como todo piloto eu não entrei naquela pista para pontuar apenas. Na largada tive um desempenho excelente, fazendo o holeshot e liderando a prova aproximadamente por 10 minutos, mas um erro me fez ir ao chão e perder seis posições. Saindo de 7° e vendo meu campeonato ameaçado, pedi a Deus que me iluminasse e que eu conseguisse me recuperar. Me recuperei rápido, estava quase dois segundos mais rápido que os demais adversários e faltando três voltas para o final, com um erro do meu companheiro de equipe eu assumi a liderança e venci a prova. Quando encaixei o pulo de chegada vi que meu pai e meu treinador estavam comemorando, ali comecei a me emocionar pois sabia que já era campeão Brasileiro de Motocross. E aí foi só comemorar com a equipe o trabalho do ano todo.

Um tombo em Tapejara quase ameaçou o título

 

E mesmo com o título garantido, você venceu a final em Três Rios (RJ). Correr sem pressão facilitou a vitória?

Não diria que corri sem pressão na última etapa, digamos que eu me senti mais leve e aliviado, com sensação de dever cumprido. Com certeza correr assim ajuda muito e me ajudou. Graças a Deus eu venci novamente e sai vencedor de cinco das seis etapas realizadas.

 

Quais são os planos para 2016? Ficar na categoria Júnior e defender o título ou encarar a MX2?

Em 2016 eu não poderei defender meu título devido a minha idade, então terei que encarar as feras da MX2, o que com certeza vai ser muito legal. Andar ao lado de grandes nomes do motocross brasileiro vai ser muito bom para a minha pilotagem e para adquirir maior experiência no esporte.

Nos braços do pai, comemorando seu primeiro título brasileiro de motocross

 

E o seu contrato com a equipe Dunas? A renovação para a temporada 2016 está encaminhada após a conquista do título?

 Estamos em estágio de negociação ainda.

 

Leonardo, muito obrigado pela entrevista. O espaço é seu para as considerações finais.

Primeiramente muito obrigado pelo reconhecimento e eu queria agradecer primeiramente a Deus, a minha família, meus treinadores Juliano e Marcelo Ramos (JMR Escola de Motocross), meu personal José Moiano e a minha equipe Dunas Team/ Honda/ IMS/ Pirelli/ Stocovich Design/ Rock Parts/ Serginho Suspensões.

Com o number plate de campeão, ao lado do companheiro de equipe, Leonardo Cassarotti

VEJA TAMBÉM:
Race Report: 5ª etapa AMA EnduroCross
Em 29/10/2013
Cody Webb conquista segunda vitória consecutiva. Mike Brown segue na liderança do campeonato. Saiba como foi
Vídeo: Darryn Durham treinando em Lake Elsinore
Em 03/04/2013
Após dois meses se recuperando de lesão, piloto Monster Energy Pro Circuit Kawasaki foca os treinos para o AMA MX
Vídeo: GO Pro na íntegra com Ryan Villopoto em Muddy Creek
Em 05/06/2013
Pegue uma carona com o líder da categoria 450cc durante toda a segunda bateria da 3ª etapa do AMA MX
COMENTÁRIOS
Publicidade
211 Bikes MXGP Live
Copyright © 2013 CROSSCLUBE BRASIL. All rights reserved.