Entrevista: Jeremy Van Horebeek
Por: Renato Dalzochio Jr
Em 30/03/2013
Pronto para Valkenswaard

Novato na categoria MX1 nesta temporada, o belga Jeremy Van Horebeek vai correr neste fim de semana pela primeira vez em sua carreira com uma 450cc num circuito europeu, em Valkenswaard na Holanda, palco do terceiro GP do Campeonato Mundial de Motocross. 

Para Horebeek será o real começo da temporada. O piloto da equipe oficial Kawasaki Racing Team quebrou um dedo no início da temporada e não teve um bom desempenho nos GPs do Qatar e da Tailândia. Horebeek subiu no pódio nas duas primeiras etapas do campeonato holandês e se sente pronto para a corrida desta segunda-feira.

Confira abaixo os principais trechos de uma entrevista divulgada pela assessoria de imprensa de sua equipe, a Kawasaki Racing Team.

Jeremy, deve ser um sentimento bom voltar ao pódio?

Sim, com certeza, isso foi bom para a minha confiança. Quando voltei da Tailândia eu precisava fazer algumas corridas para me preparar para este GP, e foi melhor andar em pistas de areia. Em Halle e Oldebroek eu fiz boas largadas, me senti mais forte do que na Tailândia e foi ótimo conseguir subir no pódio, especialmente porque tinha outros pilotos se preparando pra Valkenswaard junto comigo.

Como você se sente diante deste GP?

Me sinto bem, tenho trabalhado duro para me recuperar desde que voltamos para a Bélgica e agora tenho menos problemas com o meu dedo. Tenho visitado diariamente meu fisioterapeuta e recebi tratamento específico para este dedo, que agora está menos dolorido. Eu ainda preciso trabalhar para ter mais força na minha mão, já que ela está muito melhor desde o primeiro GP. Eu me sinto pronto para este evento e espero que eu seja capaz de andar no meu nível real.

Você mostrou nas corridas holandesas que está de volta a sua melhor forma...

Foi uma sensação boa subir duas vezes no pódio. Em ambas as corridas eu fiz boas largadas. Fiz algumas mudanças na moto e fui capaz de manter um bom ritmo, apesar dos últimos minutos terem sido difíceis fisicamente. Eu não consegui treinar normalmente desde a minha lesão, por isso foi importante fazer algumas corridas nestas últimas semanas. Passei horas treinando com a minha Kawasaki e fomos capazes de adaptar algumas configurações para o meu estilo de pilotagem.

VEJA TAMBÉM:
Honda apresenta nova CRF 450 Rally no Salão Duas Rodas para o Dakar 2014
Em 08/10/2013
Modelo será utilizado pelo team HRC e pelo brasileiro Jean Azevedo na maior e mais dura prova off-road do planeta
Race Report: 5ª etapa Campeonato Gaúcho de Motocross – Três de Maio
Em 10/08/2015
Três meses depois, etapa foi finalizada com vitórias de Mateus Basso na MX Pró e Gustavo Roratto na MX2
CBM divulga pré-calendário do Brasileiro de Motocross 2016
Em 30/09/2015
A princípio serão 8 etapas, mas objetivo é realizar até 10 etapas, atendendo solicitação de pilotos e equipes
COMENTÁRIOS
Publicidade
211 Bikes MXGP Live
Copyright © 2013 CROSSCLUBE BRASIL. All rights reserved.