Mundo Afora #21
Por: Renato Dalzochio Jr
Em 23/05/2014
Confira os destaques desta semana do blog Mundo Afora

Sessão Estaleiro: AMA Motocross em Glen Helen

Neste sábado (24) começa o maior e melhor campeonato de motocross do mundo, o AMA Motocross. O palco da etapa de abertura não poderia ser melhor. A lendária pista de Glen Helen, um dos melhores circuitos de motocross do mundo, localizada na cidade de San Bernardino, na Califórnia. Entretanto, como acontece em todas as temporadas, muitos pilotos estão voltando de lesão, outros não tiveram a mesma sorte e não conseguiram tempo para isso. Um reflexo da longa e desgastante temporada do AMA Supercross, que teve 17 etapas ininterruptas durante cinco meses entre janeiro e maio, tendo terminado há três semanas atrás. Abaixo você confere alguns dos principais nomes e suas respectivas lesões.

 

Justin Brayton – Joelho

Embora tenha retomado os treinos com moto nesta terça-feira (20), a equipe JGR/Toyota/Yamaha emitiu um comunicado informando que Brayton ainda não está 100% recuperado da lesão que sofreu no joelho, durante os treinos da etapa de Houston do AMA Supercross. Ele vai perder as primeiras etapas do campeonato. Por enquanto, Josh Grant e Phil Nicoletti estão confirmados na equipe.

 

Darryn Durham – Tíbia

Sofreu uma fratura na tíbia nesta quarta-feira (21), treinando para a abertura em Glen Helen neste sábado (24). Não há previsão de retorno. Pelo Twitter Durham confirmou a lesão, desmentindo boatos de que havia rompido os ligamentos do joelho. Durham ainda se disse chateado, pois segundo ele, nunca havia se preparado tão bem para o campeonato e estava pronto para brigar por vitórias na categoria 250.

 

Davi Millsaps e Joey Savatgy

Estará fora do campeonato até a quinta etapa no Tennessee. No início desta semana Millsaps concedeu uma entrevista ao site da revista Racer X, onde disse que iria correr em Glen Helen, mas não estava confiante de que conseguiria impor 100% do seu potencial. Ele ainda está lutando com problemas de uma lesão anterior (sua equipe não confirma qual lesão é) e na última hora ele decidiu esperar até a quinta etapa.

Davi Millsaps

 

Joey Savatgy, companheiro de equipe de Millsaps, também está fora de Glen Helen, sentindo muitas dores de um tombo sofrido durante um treino esta semana. Entretanto, ele deve ingressar no campeonato já na próxima semana, na segunda etapa em Hangtown.

 

Matt Goerke – Cotovelo quebrado

Já está treinando com moto após se recuperar de uma fratura em um dos cotovelos, sofrida no AMA Supercross, mas vai perder a abertura neste sábado em Glen Helen.

 

Will Hahn – Rachadura no crânio, Úmero direito quebrado e clavícula quebrada

Sofreu um grave acidente no AMA Supercross em St. Louis. Deve voltar somente no final de Junho.

 

Chad Reed – Fratura no Omoplata, clavícula e primeira vértebra torácica

Caiu forte no AMA Supercross em San Diego. Já está recuperado e volta as corridas neste sábado em Glen Helen.

 

Ivan Tedesco – Dedo quebrado

Quebrou o dedo no AMA Supercross em Toronto e agravou ainda mais a lesão em St. Louis. Recuperado, volta neste sábado em Glen Helen, substituindo outro lesionado, Broc Tickle, na equipe de Ricky Carmichael e Carey Hart.

Ivan Tedesco

 

Eli Tomac – Clavícula quebrada

Quebrou a clavícula treinando na semana que antecedia a final do AMA Supercross em Las Vegas. Não volta antes do final de Junho.

 

Broc Tickle – Sétima vértebra

Fraturou a sétima vértebra durante os treinos do AMA Supercross em Toronto e foi submetido a uma cirurgia. Não se sabe ainda se terá condições de correr no AMA Motocross deste ano.

 

Ryan Villopoto – Joelho

O atual campeão vai perder o AMA Motocross deste ano por causa de uma cirurgia no joelho, resultado de uma lesão sofrida durante o AMA Supercross.

 

Blake Baggett – Rosto

Perdeu várias etapas do AMA Supercross depois de ter o rosto atingido por uma pedra, quando treinava em Glen Helen. Vai correr neste sábado, mas vai precisar usar colírio para ajudar na visão.

 

Zach Bell – Clavícula

Quebrou a clavícula no AMA Supercross em Phoenix. Recuperado, volta neste sábado em Glen Helen.

Zach Bell

 

Adam Cianciarulo – Ombro

Passou por uma cirurgia para reparar o ombro esquerdo, que ele tirou do lugar duas vezes no AMA Supercross em Toronto. O tempo de recuperação é de 3 a 4 meses, mas não existe uma etapa exata do campeonato para ele voltar.

 

Martin Davalos – Perna e calcanhar

Sofreu um forte acidente durante um treino de supercross. Está fora de Glen Helen e não há previsão de retorno.

 

Dean Ferris – Pulso

Lesionou o pulso durante um treino. Deve voltar somente na segunda etapa em Hangtown, no sábado que vem.

 

Marvin Musquin – Joelho

Rompeu os ligamentos do joelho treinando em Dezembro passado e passou por cirurgia em seu país natal, França. Recuperado, estará correndo em Glen Helen.

Marvin Musquin

 

Kyle Peters – Ombro

Deslocou o ombro no Main Event do AMA Supercross em Toronto. Foi submetido a cirurgia mas planeja correr em Glen Helen.

 

Blake Wharton – Joelho

Não se recuperou a tempo de uma lesão no joelho. Está fazendo fisioterapia e deve correr no campeonato AMA Supermoto.

 

Vídeos: Press Day em Glen Helen

Nesta quinta-feira (22) rolou o tradicional Press Day em Glen Helen, que antecede cada etapa do AMA Motocross. Nele, os principais pilotos concedem entrevista coletiva para a imprensa e logo em seguida são liberados para dar algumas voltas na pista. Confira abaixo um vídeo com os melhores momentos e outro com uma carona on board com o piloto Dakota Tedder.

 

Melhores Momentos Press Day

 

GO Pro Dakota Tedder

 

Estatísticas: AMA Motocross em Glen Helen

- A primeira corrida do AMA Motocross em Glen Helen foi disputada em 1993, em formato único, com uma bateria para cada categoria.

- Nesta primeira corrida Doug Henry foi o vencedor na categoria 125cc e Mike LaRocco na 250cc.

- Ricky Carmichael é o piloto que mais venceu na história de Glen Helen. São oito tentos na carreira, sendo três na categoria 250 e cinco na categoria 450.

- Em 15 anos, 10 pilotos diferentes já venceram em Glen Helen na categoria 450.

- Na categoria 250 foram onze vencedores diferentes.

- Na categoria 250 a Kawasaki venceu 10 das 15 corridas realizadas em Glen Helen, sendo 7 consecutivas, de 2002 a 2008.

- Quatro pilotos venceram em Glen Helen nas duas categorias: Ricky Carmichael, Grant Langston, James Stewart e Ryan Villopoto. Atualmente só Ryan Dungey possui a chance de se juntar a este grupo neste sábado.

- Em 2009 Dungey se tornou o primeiro piloto a vencer a categoria 250 em Glen Helen pilotando uma Suzuki.

- Também em 2009 Villopoto conquistou a primeira vitória de sua carreira na categoria 450 no AMA Motocross.

- No total, cinco pilotos estrangeiros já venceram em Glen Helen: Gran Langston (nas duas categorias), Mickael Pichon (categoria 450), Sebastien Tortelli (categoria 450) e Stephane Roncada (categoria 250).

- Três pilotos sagraram-se campeões de uma temporada após vencer em Glen Helen: Sebastien Tortelli (1999), Grant Langston (2001) e James Stewart (2002).

 

Ben Townley volta às competições profissionais neste fim de semana, no Campeonato Australiano de Motocross

O neozelandês Ben Townley, ex campeão mundial de motocross na categoria MX2, que se aposentou das corridas profissionais em 2013, estará de volta as pistas neste fim de semana, durante a quinta etapa do Campeonato Australiano de Motocross em Wanneroo. Ele vai substituir seu conterrâneo Cody Cooper, na equipe Penrite Oil Honda Racing Team. Cooper, que compete na categoria MX1, sofreu uma lesão no joelho e vai passar por uma ressonância magnética, para avaliar a gravidade da lesão e de que forma ele irá se reabilitar.

Ben Townley

 

Evgeny Bobryshev fora do GP da Grã Bretanha por motivo inusitado

O russo Evgeny Bobryshev está fora do GP da Grã Bretanha, oitava etapa da temporada 2014 do Campeonato Mundial de Motocross, que acontece neste fim de semana em Matterley Basin. Mas o motivo não é uma lesão e sim algo totalmente inusitado. A embaixada britânica não emitiu a tempo o visto do piloto russo, solicitado no dia 6 de Maio, na embaixada da Holanda. Apesar dos esforços dele e de sua equipe para tentar entender, sem sucesso, o motivo do atraso, o documento ainda não foi concedido e Bobryshev está fora das corridas deste fim de semana.

Evgeny Bobryshev

 

Vídeo: Um dia na vida de Antonio Cairoli

 

Mundial de Motocross ao vivo

Quem quiser assistir o GP da Grã Bretanha em Matterley Basin neste domingo (25), basta acessar o site oficial do campeonato neste link, se cadastrar gratuitamente e pagar uma taxa equivalente a 15 reais pela compra da etapa, valor que pode ser pago com cartão de crédito. Confira abaixo a programação das baterias conforme o horário oficial de Brasília.

 

Primeira bateria MX2 – 7h55

Primeira bateria MXGP – 8h55

Segunda bateria MX2 – 11h

Segunda bateria MXGP – 12h

VEJA TAMBÉM:
Inscrições abertas para a 1ª etapa do Brasileiro de Motocross Pró
Em 04/05/2015
Pilotos que vão competir em Limeira (SP) podem aproveitar desconto oferecido até o dia 13 de maio
Honda anuncia equipe satélite para o AMA Supercross e AMA Motocross
Em 21/11/2014
Tommy Hahn e sueco Fredrik Noren serão os pilotos da Motorsport.com/GPI/Honda Racing na temporada 2015
Race Report: 11ª etapa Campeonato Mundial de Motocross – GP da Letônia
Em 07/07/2013
No palco do Motocross das Nações 2014 prevaleceu mais uma vez a supremacia laranja
COMENTÁRIOS
Publicidade
211 Bikes MXGP Live
Copyright © 2013 CROSSCLUBE BRASIL. All rights reserved.