Mundo Afora By Renato Dalzochio Jr #4
Por: Renato Dalzochio Jr
Em 25/01/2014
Cross Clube Brasil está nos EUA para acompanhar in loco as próximas duas etapas do AMA Supercross 2014.

Como editor do site Cross Clube Brasil, a exemplo do que aconteceu em 2011, decidi que neste ano minhas férias seriam nos EUA e que iria acompanhar in loco duas etapas do AMA Supercross.

A intenção é levar um conteúdo exclusivo para os nossos leitores, com fotos, vídeos e informações dos bastidores do maior e melhor campeonato de supercross do mundo. Estaremos presentes na quarta etapa em Oakland, neste sábado (25), e na quinta em Anaheim III. Também estarei usando este espaço para escrever um diário da minha viagem, contando todos os detalhes da minha rotinha e do meu dia-dia nos EUA, desde a saída do Brasil.

A operação AMA Supercross 2014 começou no final da tarde desta terça-feira (21). Eu e meu pai pegamos um vôo de Porto Alegre com destino a Guarulhos. De lá, quase por volta de meia-noite embarcamos rumo a Detroit, ponto da nossa conexão antes do destino final, Los Angeles. É engraçado que já no avião você se depara com um monte de turistas conversando em inglês e logo se sente meio perdido, mas não foi o meu caso. Por sorte do meu lado tinha uma menina do Rio de Janeiro. Ela mora no Canadá e estava voltando após tirar férias no Brasil então pude conversar bastante com ela e não me senti um peixe fora d’água rsrsrs... A viagem até Detroit durou quase 11 horas. Olhando pelas janelas do aeroporto dava pra ver muita neve e ainda quando desembarcamos do avião tivemos uma noção do frio que estava fazendo lá fora.

 

Fomos direto para a Alfândega e após a imigração aproveitamos para passear no Aeroporto de Detroit, que é muito bonito por sinal. Foi o jeito que encontramos de fazer o tempo render, já que teríamos que esperar 5 horas pelo nosso vôo até Los Angeles. Uma das coisas mais bacanas de se ver foi o mini metrô da Cia aérea Delta Airlines. Como o aeroporto é enorme, o mini metrô é uma excelente alternativa para ir de um terminal para o outro. Quando finalmente embarcamos de novo, foram mais 4 horas e meia de viagem até o nosso destino final. Pelas minhas contas, incluindo as conexões nossa viagem durou quase 24 horas.

 

Chegando em Los Angeles fomos direto alugar um carro. Da locadora seguimos para o hotel, onde tivemos um merecido descanso, já que estávamos “acabados”. Nesta quinta-feira (23), após o café da manhã pegamos a estrada rumo a cidade de Oakland, no norte da Califórnia, palco da quarta etapa do AMA Supercross.

Pegamos a rodovia Pacific Coast Highway e fizemos a famosa rota subindo pela costa litorânea, com visuais de tirar o fôlego a beira do mar. Na saída de Los Angeles aproveitamos para conhecer o Píer da belíssima praia de Santa Mônica. Seguindo viagem no caminho passamos por Malibu, com paisagens e visuais muito bonitos também. Após quase um dia inteiro viajando paramos para dormir em um hotel na cidade de San Luis Obispo.

 

 

 

 

Nesta época do ano é inverno nos EUA, o dia escurece cedo, 18h já é noite por aqui. Nesta sexta-feira (24) saímos de San Luis Obispo logo cedo pela manhã e após mais 370 quilômetros e 4 horas de estrada, finalmente chegamos em Oakland, no início da tarde. Antes de ir para o Oakland Coliseum comprar nossos ingressos seguimos para San Francisco, onde aproveitamos para fazer um tour pela famosa ponte Golden Gate e tirar muitas fotos nos belos mirantes que existem ao redor dela na Baía de San Francisco. Outro fato curioso é que, tanto em Los Angeles como em Santa Mônica encontramos uma grande quantidade de brasileiros aproveitando as férias para passear e fazer turismo que nem a gente.

 

 

Após uma tarde inteira de turismo, ao anoitecer fomos ao Oakland Coliseum comprar os ingressos e os pit pass para o AMA Supercross e já aproveitamos para fazer algumas fotos dos bastidores. Como citei no início da reportagem, neste sábado estaremos acompanhando in loco a quarta etapa do AMA Supercross em Oakland. No próximo post trarei mais fotos e novidades, além de contar tudo que aconteceu por lá nas corridas e nos bastidores. Aguardem!

 

 

 

 

*Quem quiser ver mais fotos da viagem e da nossa cobertura in loco no AMA Supercross pode me adicionar no Facebook (Renato Dalzochio), ou curtir a nossa Fan Page (Cross Clube Brasil) ou ainda seguir o Twitter do site (@CrossClubeBR).

Renato Dalzochio Jr

 

Estatísticas, números e curiosidades: AMA Supercross em Oakland

 

Categoria 450

- A primeira corrida foi realizada no dia 18 de Janeiro de 1979 e Jimmy Weinert venceu pilotando uma Kawasaki. Neste mesmo ano ele venceu a última corrida de sua carreira na categoria 450, em Daytona.

- Está será a sétima corrida do AMA Supercross na categoria 450 em Oakland.

 - Em 1984 Ron Lechein venceu em Oakland logo na sua estreia a bordo de uma Honda.

- James Stewart venceu por dois anos consecutivos em Oakland, em 2011 e 2012. Ele é o único a vencer por dois anos consecutivos em Oakland, mas esta marca pode ser igualada por Villopoto neste sábado (ele venceu em 2013).

-No Main Event de 2012 os quatro primeiros colocados eram ex-campeões da categoria 450: Stewart, Reed, Dungey e Villopoto.

-Villopoto conquistou a vitória de número 26 da sua carreira em Oakland no ano passado, tornando-se o piloto que mais venceu na história do AMA Supercross pilotando uma Kawasaki.

-No ano passado em Oakland Villopoto se tornou o primeiro piloto da categoria 450 em 2013 a conquistar duas vitórias.

- Em 40 anos de AMA Supercross houveram 26 oportunidades em que o primeiro piloto a conquistar duas vitórias se sagrou campeão na categoria 450.

 

Categoria 450: vitórias por marca em Oakland

Yamaha: 2

Kawasaki: 2

Suzuki: 1

Honda: 1

 

Categoria 250

- Esta será a quarta corrida do AMA Supercross na categoria 250 em Oakland.

- Na primeira corrida em 2011 Broc Tickle venceu pilotando uma Kawasaki.

- Ken Roczen venceu a categoria 250 em Oakland no ano passado e se vencer neste sábado será o primeiro piloto na história a vencer nas duas categorias, além de ser a terceira da KTM na temporada, somando-se as duas vitórias de Jason Anderon.

- Em Oakland no ano passado, Jason Anderson conquistou o primeiro pódio de sua carreira.

 

Categoria 250: vitórias por marca em Oakland

Kawasaki: 1

Honda: 1

KTM: 1

 

Sessão estaleiro atualizada: AMA Supercross em Oakland

 

Trey Canard – Braço quebrado

Quebrou o braço treinando no feriado de Ação de Graças, passou por cirurgia para colocar uma placa e espera voltar na sétima etapa em Dallas.

Trey Canard

 

Matt Goerke – Dedo quebrado

Teve uma corrida difícil em Anaheim I, onde quebrou o dedo indicador da mão que comanda a embreagem. Passou por uma pequena cirurgia e segue pilotando apesar da dor. Está confirmado em Oakland.

 

Josh Grant – Ombro

Caiu forte durante os treinos em Phoenix, batendo a cabeça e o ombro, o suficiente para lhe impedir de correr a noite. Grant fez uma ressonância magnética, que indicou que não havia necessidade de uma cirurgia e ele correu normalmente em Anaheim II. É outro que está confirmado em Oakland.

Josh Grant

 

Davi Millsaps – Ligamento anterior cruzado do joelho rompido

O vice-campeão da categoria 450 nas duas últimas temporadas rompeu o ligamento anterior cruzado do joelho, enquanto treinava em Milestone. Esta mesma lesão, no outro joelho, lhe custou a disputa do AMA Motocross do ano passado. Millsaps passou por uma cirurgia em Dezembro do ano passado e em Anaheim II ele disse que espera voltar na oitava etapa em Atlanta.

 

Les Smith – Costelas deslocadas

Sofreu um grande acidente nos treinos em Anaheim II, ficando fora da disputa pelo resto do dia. Mais tarde descobriu que estava com quatro costelas deslocadas. Em razão das fortes dores, não vai correr em Oakland.

 

Eli Tomac – Ombro esquerdo

Se envolveu num acidente com Jake Weimer em Anaheim I, que acabou lhe tirando do Main Event logo no início, com o ombro esquerdo machucado. Desde está fora do campeonato e não conseguiu se recuperar bem o suficiente para correr em Oakland.

 

Blake Baggett – Pé quebrado

O piloto da equipe Monster Energy/Pro Circuit/Kawasaki quebrou o pé treinando durante a pré-temporada. Ele estava se programando para correr na categoria 250 costa Leste. Baggett está retomando os treinos e espera estar apto para a etapa de abertura em Dallas.

 

Zach Bell – Clavícula quebrada

Quebrou a clavícula em Phoenix e está fora da temporada. A lesão atingiu três partes diferentes do referido osso e foi necessária uma cirurgia para corrigir o problema.

 

Justin Bogle – Ombro quebrado e cinco vértebras quebradas

Bogle caiu feio treinando em Milestone, em Dezembro, e quebrou o ombro e cinco vértebras. A equipe Geico Honda contratou Blake Wharton para lhe substituir no AMA Supercross 250 costa Oeste, mas apesar da gravidade, Bogle retomou os treinos com moto nesta semana e espera estar apto para o campeonato da 250 costa Leste.

 

Jake Canada – Concussão

Caiu em Phoenix e perdeu Anaheim II por causa de uma concussão. Expectativa é de que volte neste sábado em Oakland.

 

Darryn Durham

À exemplo de Canada, sofreu uma concussão após uma forte queda em Anaheim II. Não foi liberado pelos médicos para correr em Oakland neste sábado.

Darryn Durham (direita)

 

Marvin MusquinLigamento anterior cruzado do joelho rompido

Mesma lesão de Millsaps. Passou por cirurgia em seu país natal, França, e só volta quando estiver 100%.

 

Austin Politelli – Fêmur quebrado

Quebrou o fêmur treinando em Milestone, após a abertura em Anaheim I. Não há previsão de retorno.

 

Joey Savatgy – Pulso quebrado, costelas quebradas e pulmões perfurados

Eleito o piloto revelação do campeonato do ano passado, Savatgy foi outro que se acidentou feio em Milestone no início de Dezembro, o que resultou em um pulso quebrado, costelas quebradas e pulmões parcialmente perfurados. Ele vai perder o campeonato da categoria 250 costa Leste e o seu substituto contratado pela equipe Rockstar Energy KTM foi o piloto Cole Thompson, que também vai disputar algumas etapas da categoria 450 pilotando o novo modelo SX-F 350.

 

Vídeo: equipe Dirt Shark no AMA Supercross em Anaheim II

Confira no vídeo abaixo a equipe Dirt Shark em um novo episódio aprontando todas e divertindo os fãs nos bastidores do AMA Supercross, desta vez na terceira etapa em Anaheim II.

VEJA TAMBÉM:
Estados Unidos anuncia equipe para o Motocross das Nações 2015
Em 09/08/2015
Americanos vão para a França com Barcia, Jeremy Martin e Cooper Webb. Roger De Coster será o chefe da equipe
Jomar Grecco é tetracampeão do Enduro da Independência
Em 10/09/2017
Piloto capixaba manteve a liderança da prova e imprimiu ritmo forte e contínuo nos quatro dias de competição
Vídeo: Carona com James Stewart no AMA Motocross em RedBud
Em 12/07/2013
Confira na íntegra a segunda bateria da categoria 450cc on board com o piloto da Suzuki
COMENTÁRIOS
Publicidade
211 Bikes MXGP Live
Copyright © 2013 CROSSCLUBE BRASIL. All rights reserved.