Race Report: 1ª etapa AMA Supercross 2014
Por: Renato Dalzochio Jr
Em 05/01/2014
KTM larga na frente em Anaheim com vitórias de Jason Anderson na categoria 250 e do alemão Ken Roczen na 450

*Confira no final da reportagem uma galeria com 81 fotos das corridas.

**Créditos: Michael Antonovich

 

Após meses de espera, começou na madrugada deste domingo (5) aquela que promete ser uma das melhores temporadas da história do AMA Supercross, o maior e melhor campeonato de supercross do mundo. Todo o clima e atmosfera que envolve os apaixonados por este esporte estavam de volta no Angel Stadium em Anaheim, na Califórnia, a casa do supercross, com cerimônia de abertura e corridas eletrizantes.

Na pista, quem largou na frente foi a KTM, com as vitórias de Jason Anderson na categoria 250 costa Oeste e do alemão Ken Roczen na 450, um dos estreantes na categoria. Roczen aliás surpreendeu os veteranos da categoria, mostrando a mesma velocidade apresentada no Motocross das Nações do ano passado na Alemanha, garantindo que não vai ser um mero coadjuvante na disputa pelo título. A KTM comemorou uma dobradinha, graças ao segundo lugar de Ryan Dungey. Após uma temporada desastrosa em 2013, o australiano Chad Reed terminou onde talvez nem ele nem os fãs imaginavam que fosse possível (a julgar pelo desempenho do ano passado), no pódio, na terceira posição.

 

Um das novidades em Anaheim foi à volta do antigo formato das classificatórias na categoria 450. Visando tornar as disputas mais interessantes, agora somente os quatro primeiros se classificavam direto para o Main Event em cada Heat Race. Os demais eram divididos em duas semifinais, onde os cinco primeiros em cada uma delas avançavam para a final. Quem não conseguisse ganhava uma última chance na Las Chance Qualifier (repescagem), onde quatro primeiros fechariam o gate com 22 motos no Main Event. Na categoria 250 permaneceu o mesmo formato do ano passado, com duas Heats classificando os nove primeiros para a final e uma LCQ onde os quatro primeiros fechavam o gate com 22 classificados para a final.

 

Classificatórias

As classificatórias deram uma noção do quão disputadas seriam as corridas finais, principalmente na categoria 450. Na Heat 1 Mike Alessi fez uma largada perfeita, sendo seguido de perto por seu antigo rival dos tempos de amador, Ryan Villopoto. Quando teve a chance de fazer uma tentativa de ultrapassagem em Alessi, Villopoto deixou sua moto apagar e perdeu posições. Ele se recuperou rapidamente e quando encostou em Alessi, na última volta, conseguiu ultrapassá-lo nos metros finais da pista, mas acabou tomando um X logo na sequência. Villopoto partiu pro tudo ou nada, mas acabou caindo na última curva antes do salto de chegada. Mesmo assim conseguiu finalizar em segundo. Josh Grant se classificou em terceiro e Justin Brayton em quarto.

Mike Alessi e Ryan Villopoto

 

A Heat 2 teve holeshot de James Stewart, com Justin Barcia vindo logo atrás em seu encalço. Um grande engavetamento após a largada levou quatro pilotos ao chão, entre eles Jake Weimer e Eli Tomac, o que resultou no abandono imediato dos dois. Para Tomac o estrago foi pior, já que ele acabou machucando o ombro. Lá na frente Barcia foi ousado e atacou Stewart, roubando-lhe a liderança. O piloto da Honda ainda conseguiu abrir uma pequena vantagem e garantiu a vitória. Stewart finalizou em segundo, Chad Reed foi o terceiro e Ryan Dungey o quarto.

Justin Barcia e James Stewart

 

As semifinais foram vencidas por Will Hahn e Ken Roczen e a LCQ por Kyle Partridge. Na categoria 250 as Heats foram vencidas por Malcom Stewart e Jason Anderson e a LCQ por Zach Freeberg.

 

Main Event 450

Na largada foi o atual campeão Ryan Villopoto quem fez o holeshot e disparou na frente, seguido de perto por Ken Roczen e Josh Grant. Na quinta volta Roczen havia perdido um pouco de terreno para Villopoto, deixando Chad Reed, que estava em terceiro, se aproximar. O veterano da Austrália parecia confortável a bordo de sua nova Kawasaki e provou isso executando um ritmo semelhante ao dos dois primeiros colocados. Justamente quando parecia que Reed assumiria a segunda posição, um frisson explodiu nas arquibancadas lotadas do Angel Stadium. Villopoto havia caído em uma curva de areia, dando a liderança de bandeja para Roczen. Mas a corrida estava longe de terminar.

Ryan Villopoto

 

James Stewart encontrou seu melhor ritmo na metade da prova e em questão de poucas voltas fez várias ultrapassagens, passando da quinta para a segunda posição. Em seu ritmo Stewart era cerca de um segundo mais rápido que Roczen e logo os dois estavam brigando pela liderança nas voltas finais.

Ken Roczen e James Stewart

 

Stewart tentou a ultrapassagem na primeira sessão de costelas, mas a traseira de sua Suzuki girou para fora no topo de uma costela e como ele estava preso ao guidão, acabou sendo jogado para o lado oposto ao que a moto caiu (confira o tombo no vídeo abaixo). Stewart aparentemente não chegou a se machucar, mas o impacto sofrido pela moto foi o suficiente para lhe tirar da corrida.

 

Tombo de James Stewart

 

Pela segunda vez no Main Event a vitória estava ao alcance de Roczen. Seu companheiro de equipe oficial KTM, Ryan Dungey, havia ultrapassado Reed, mas a diferença era muito grande para Dungey tentar se aproximar nas poucas voltas que restavam. Logo em sua temporada de estreia, Roczen garantiu a primeira vitória de sua carreira na categoria 450. Dungey foi o segundo e Reed completou o pódio em terceiro. Villopoto finalizou em quarto e Barcia fechou o top 5.

Ken Roczen

 

Pódio 450

 

Melhores Momentos Main Event 450

 

Resultado

1. Ken Roczen

2. Ryan Dungey

3. Chad Reed

4. Ryan Villopoto

5. Justin Barcia

6. Justin Brayton

7. Josh Grant

8. Broc Tickle

9. Andrew Short

10. Jake Weimer

11. Wil Hahn

12. Mike Alessi

13. Matt Moss

14. Nick Schmidt

15. Kyle Partridge

16. Weston Peick

17. James Stewart

18. Josh Hill

19. Jimmy Albertson

20. Vince Friese

21. Matt Goerke

22. Ivan Tedesco

 

Classificação

1. Ken Roczen – 25 Pts (1 vitória)

2. Ryan Dungey – 22 Pts

3. Chad Reed – 20 Pts

4. Ryan Villopoto – 18 Pts

5. Justin Barcia – 16 Pts

6. Justin Brayton – 15 Pts

7. Josh Grant – 14 Pts

8. Broc Tickle – 13 Pts

9. Andrew Short – 12 Pts

10. Jake Weimer – 11 Pts

11. Wil Hahn – 10 Pts

12. Mike Alessi – 9 Pts

13. Matt Moss – 8 Pts

14. Nick Schmidt – 7 Pts

15. Kyle Partridge – 6 Pts

16. Weston Peick – 5 Pts

17. James Stewart – 4 Pts

18. Josh Hill – 3 Pts

19. Jimmy Albertson – 2 Pts

20. Vince Friese – 1 Pts

21. Matt Goerke

22. Ivan Tedesco

 

Main Event 250 costa Oeste

Na largada Jason Anderson da equipe Rockstar Energy Racing KTM fez outro holeshot implacável (já havia largado na frente em sua heat race) e saiu na frente, mas desta vez ele foi rapidamente acompanhado de perto por Cole Seely da equipe Troy Lee Designs/Lucas Oil/Honda. Na terceira volta os dois iniciaram uma série de ultrapassagens e block passes, rapidamente se distanciando dos demais, com Seely eventualmente assumindo a liderança em uma apertada curva para direita, logo após um triplo.

Cole Seely e Jason Anderson

 

Implacável, Anderson rapidamente recuperou a compostura e perseguiu o piloto da Honda em um ritmo tórrido. A diferença nos tempos de volta dos dois era de centésimos de segundos, contrastando com seus respectivos estilos de pilotagem. Seely era mais calculista e suave, enquanto Anderson era mais agressivo e intenso. Na nona volta, quando Seely liderava, a diferença entre os dois diminuiu ligeiramente, graças ao tráfego pesado de retardatários, mas Seely reconquistou sua vantagem assim que pegou pista limpa à frente de novo. Na última volta Anderson aumentou o ritmo e se aproveitou dos retardatários para encostar em Seely. Faltando duas curvas para o salto de chegada, Anderson fez sua última tentativa e aplicou um agressivo block pass em Seely. O contato entre os dois não chegou a derrubar Seely, mas Anderson saiu da curva com mais velocidade e venceu a corrida. Seely teve que se contentar com a segunda posição e Zach Osborne completou o pódio em terceiro. Dean Wilson foi o quarto e Cooper Webb fechou o top 5.

Jason Anderson

 

Melhores Momentos Main Event 250 costa Oeste

 

Resultado

1. Jason Anderson

2. Cole Seely

3. Zach Osborne

4. Dean Wilson

5. Cooper Webb

6. Justin Hill

7. Darryn Durham

8. Malcolm Stewart

9. Jessy Nelson

10. Austin Politelli

11. Michael Leib

12. Jake Canada

13. Dakota Tedder

14. Dean Ferris

15. Zach Bell

16. Shane McElrath

17. Valentin Teillet

18. Zach Freeberg

19. Scott Champion

20. Topher Ingalls

21. Cole Martinez

22. Preston Mull

 

Classificação

1. Jason Anderson – 25 Pts (1 vitória)

2. Cole Seely – 22 Pts

3. Zach Osborne – 20 Pts

4. Dean Wilson – 18 Pts

5. Cooper Webb – 16 Pts

6. Justin Hill – 15 Pts

7. Darryn Durham – 14 Pts

8. Malcolm Stewart – 13 Pts

9. Jessy Nelson – 12 Pts

10. Austin Politelli – 11 Pts

11. Michael Leib – 10 Pts

12. Jake Canadá – 9 Pts

13. Dakota Tedder – 8 Pts

14. Dean Ferris – 7 Pts

15. Zach Bell – 6 Pts

16. Shane McElrath – 5 Pts

17. Valentin Teillet – 4 Pts

18. Zach Freeberg – 3 Pts

19. Scott Champion – 2 Pts

20. Topher Ingalls – 1 Pts

21. Cole Martinez

22. Preston Mull

VEJA TAMBÉM:
Honda lança ação em prol da harmonia no trânsito
Em 20/09/2013
Pilotos consagrados da marca se unem em vídeo que dá dicas de segurança na Semana Nacional do Trânsito
Mundial de MX: pilotos vencem nacionais na Europa
Em 09/04/2013
Clement Desalle venceu no campeonato francês, enquanto Ken De Dycker faturou etapa do campeonato belga
Vídeo: Melhores Momentos GP Brasil – Mundial de Motocross
Em 20/05/2013
Veja como foram às vitórias de Antonio Cairoli e Jeffrey Herlings, além da Superfinal
COMENTÁRIOS
Publicidade
211 Bikes MXGP Live
Copyright © 2013 CROSSCLUBE BRASIL. All rights reserved.