Race Report: 1ª etapa Campeonato Gaúcho de Motocross 2014
Por: André Charão/Imprensa FGM
Em 25/03/2014
Marçal Müller foi o grande nome da etapa de abertura em Maratá, conquistando a vitórias nas principais categorias

O Campeonato Gaúcho de Motocross abriu a temporada 2014 no último final de semana. A cidade de Maratá se agitou com excelentes disputas proporcionadas pelos melhores pilotos do Rio Grande do Sul, que contou ainda com a tradicional presença de pilotos de Santa Catarina e do Uruguai.

Nas primeiras horas da manhã do sábado (22) a chuva, mesmo com pouca intensidade, foi à grande surpresa. Nenhum site especializado marcava chuva para o período, sendo literalmente um banho de água fria para os pilotos, que tiveram que esperar um pouco mais para poder entrar na pista.

Com a chuva, a programação do sábado foi alterada, treinos livres cancelados e treinos cronometrados em “compasso” de espera. Tudo dependia de como o tempo iria se portar ao decorrer da manhã. 

 

Quase no final da manhã o sol finalmente voltou a brilhar em Maratá, meio tímido, mas aos poucos aumentava de intensidade, assim como o ronco dos motores.  Com as novas condições do tempo a direção de prova definiu pela abertura dos treinos cronometrados a partir de 12h10. Também ficou definido que a categoria 50cc seria a última entrar na pista para tomada de tempo.

Os primeiros vencedores foram conhecidos no final da tarde de sábado, quando aconteceram as disputas das categorias Estreantes Importadas, Nacional 230cc e MX2 Júnior.

 

Estreantes Importadas

A vitoria na categoria Estreantes Importadas foi para o estado vizinho de Santa Catarina. A largada com gate cheio agitou o público. João Gabriel da Veiga largou bem e assumiu a ponta na primeira curva. Eduardo de Lavi, Mateus Wisniewski, Roberto Weber, Leonardo Tenedini e Eduardo José e Silva formavam o primeiro e disputadíssimo pelotão. Aos poucos, as dificuldades com a pista pesada abriram espaços entre os competidores. No segundo pelotão as trocas de posições foram intensas, todos queriam melhorar o rendimento em busca de pontos importantes no campeonato. Matheus Kunz  aos poucos saiu do segundo pelotão, ganhando terreno e melhorando seu tempo a cada volta. Enquanto João Gabriel seguia firme e forte na liderança da prova, a formação do pódio se alterava. Matheus Kunz forçou o ritmo e a duas voltas do final fez a melhor volta da prova, assegurando o segundo lugar. Eduardo Jorge e Silva também ganhou espaço e superou Leonardo Tenedini, o quarto colocado. No final, João Gabriel comemorou e muito a vitória de ponta a ponta na categoria.

João Gabriel da Veiga

 

Resultado

1º - João Gabriel da Veiga (Indaial/SC)

2º - Matheus Kunz (Machadinho)

3º - Eduardo de Lavi (Joaçaba/SC)

4º - Eduardo José e Silva (Novo Hamburgo)

5º - Leonardo Tenedini (Porto Alegre)

 

Nacional 230cc

O atual campeão gaúcho da categoria Nacional 230cc, Ismael da Cruz, deu um verdadeiro passeio na abertura da competição. Na largada Ismael assumiu a ponta da prova e não deu a mínima chance para os concorrentes, pois a disputa para ver quem ficaria com as quatro vagas restantes no pódio foi intensa até a bandeirada final. Leonardo Menegat, Rodrigo Mallman, Cristiann Lottermann, Matias Wisniewski, Rafael Pereira e Cláudio Tedy fizeram um intenso pega pelo pódio. Menegat ficou em desvantagem após uma queda na primeira volta, onde ficou em último. Com um ritmo muito forte, recuperou posições e terminou a prova em segundo. Matias assumiu a terceira colocação e a disputa mais acirrada do final da prova ficou entre Cláudio Tedy e Cristian Lottermann, pela quarta colocação. Na chegada Cláudio levou a mínima vantagem de 0:00,015 sobre Lottermann, que fechou o pódio na quinta colocação. A volta mais rápida da prova ficou com Ismael da Cruz, que nem mesmo com a pista pesada diminuiu o ritmo.

Ismael da Cruz

 

Resultado

1º - Ismael da Cruz (Venâncio Aires)

2º - Leonardo Menegat (Nova Pádua)

3º - Matias Wisniewski (Frederico Westphalem)

4º - Cláudio Tedy (São Sebastião do Caí)

5º - Cristiann Lottermann (Montenegro)

 

MX2 Júnior

Pega de gente grande na nova categoria MX2 Júnior. Criada no ano passado, a nova categoria abre uma janela para o surgimento de jovens pilotos. E com a força da juventude tivemos uma disputa eletrizante. Na largada Maiara Basso assumiu a ponta da prova, seguida por Henrique Araújo e Andrio Sebben. Um pouco mais atrás, a luta pela quarta e quinta posição da prova ficou entre Matheus Kunz, João Gabriel da Veiga, Nicolas Oliveira, Janaína Todeschini e Henrique Nicoletti.  A liderança não chegou a durar uma volta. Henrique aproveitou uma brecha e conseguiu fazer a ultrapassagem. Andrio, Matheus e Nicolas pegaram carona e também ultrapassaram a até então líder da prova. Henrique aumentou o ritmo, fazendo as três primeiras voltas muito rápidas, 1:20.483 a melhor delas. Quem também forçou o ritmo foi Nicolas Oliveira, ao assumir a terceira colocação. Com uma ótima vantagem na liderança, Henrique diminuiu o ritmo para administrar a vitória.

Henrique Araújo

 

Resultado

1º - Henrique Araújo (Passo Fundo)

2º - Andrio Sebben (Farroupilha)

3º - Nicolas Oliveira (Portão)

4ª - Matheus Kunz (Machadinho)

5º - Leonardo Tenedini (Porto Alegre)

 

A categoria MX2 Júnior fechou o primeiro dia de programação da etapa de abertura do campeonato. Com o sol aparecendo desde as primeiras horas da manhã, o começo do domingo (23) não lembrava nenhum pouco o sábado de amanhecer chuvoso. A pista nem de longe parecia a do sábado. O terreno bem mais firme dava a garantia de que o domingo seria de grande espetáculo dos pilotos.

 

MXF

Maiara Basso, campeã da categoria MXF em 2013, começou o ano com mais uma vitória. A sua concorrente direta, Janaina Todeschini, assumiu a liderança na largada, no entanto, na terceira curva, antes da sessão de costelas, Maiara saiu mais forte e assumiu a liderança da prova. Tentando dar o troco, Janaina acabou sofrendo uma queda na curva do pit stop, voltando para a prova na última colocação. Bruna Zanata e Maria Eduarda Salomoni abriram disputa pela segunda colocação.

Maiara Basso

 

Pela categoria B a briga ficou entre Nathália da Silva e Mariana Daltoé. Enquanto isso, Janaina buscava volta a volta à recuperação. Na última volta da prova ela conseguiu a ultrapassagem em cima de Bruna, para garantir a segunda colocação.

Nathália Carolina da Silva

 

Resultado MXF A

1º - Maiara Basso (Mato Castelhano)

2º - Janaina Todeschini (Chapecó/SC)

3º - Bruna Zanata (Frederico Westphalem)

4ª - Maria Eduarda Salomoni (Passo Fundo)

5º - Mayrêe Ely Ribeiro (São Jerônimo)

 

Resultado MX B

1º - Nathália Carolina da Silva (Porto Alegre)

2º - Mariana Daltoé (Cachoeirinha)

 

MX4

Os pilotos mais experientes do Rio Grande do Sul encheram o gate para a disputa da categoria MX4, no entanto, foi um carioca que assumiu a liderança assim que foi dada a largada da categoria. Walter Tardim assumiu a ponta da prova na primeira curva, seguido por Gustavo Visotto, Marco Müller, Eduardo Timm Bergmann, Carlos Kettermann e Luis Essvein, que formavam o primeiro pelotão. O segundo pelotão foi um show a parte, com várias ultrapassagens e disputas acirradas nas primeiras voltas. No pelotão da frente Tardim não deu chances e manteve um ritmo muito forte. Marco Müller assumiu a segunda colocação e partiu para o ataque, tentando diminuir a vantagem do líder. A tentativa foi válida e por um momento ele chegou a estar próximo de Tardim, no entanto, a possibilidade de ultrapassagem não aconteceu. Visotto manteve um bom ritmo, abrindo uma vantagem segura para garantir a terceira colocação. Carlos Kettermann e Sérgio Fernandes completaram o pódio.

Walter Tardim

 

Resultado

1º - Walter Tardim (Nova Friburgo/RJ)

2º - Marco Müller (Nova Hartz)

3º - Gustavo Visotto (Carazinho)

4ª – Carlos Kettermann (Montenegro)

5º - Sérgio Fernandes (Porto Alegre)

 

Intermediária MX2

O passofundense Henrique Araújo construiu a sua segunda vitória na etapa, desta vez na Intermediária MX2, assim que o gate caiu. Com mais uma excelente largada, o piloto assumiu a liderança logo na primeira curva. Anderson Sebben, Cristiano Rasia, Andrio Sebben, Willian Saccon, Jonatas Migliorini, Matheus Kunz, Vanderlei da Silva, João Gabriel Veiga e Roberto Weber formavam um eletrizante primeiro pelotão. Henrique mais uma vez voou baixo na pista. As voltas mais rápidas foram dele, a melhor da prova em 1:17.769. Com o ritmo forte, ele abriu uma grande vantagem na liderança da prova. Anderson Sebben na quinta volta e Andrio na oitava, após quedas, saíram da briga pelos lugares no pódio. Willian Sacon em segundo, sem chances de encostar no líder, administrou a posição. Após largar nas últimas posições, Nicolas Oliveira, fez uma prova surpreendente e recuperou o tempo perdido, fechando a prova na terceira colocação. Mateus Kunz  conseguiu um lugar no pódio nas últimas voltas.

 

Resultado

1º - Henrique Araújo (Passo Fundo)

2º - Willian Sacon Michels (Arroiom do Silva/SC)

3º - Nicolas Oliveira (Portão)

4ª – Jonatas Migliorini (Marau)

5º - Matheus Kunz (Machadinho)

 

50cc

A nova geração do motocross entrou com tudo para a disputa da primeira etapa do campeonato. Neste ano a categoria não conta mais com o atual campeão Gabriel Andrigo, que subiu para a 65cc. Com isso, a briga pela vitória na geral da 50cc teve vários candidatos. Na largada Rafael Becker, Henrique Henicka, Garmichel Giehl e Cristyan Eckhardt enrolaram o cabo do acelerador e entraram disputando a liderança da prova na primeira mesa. A vantagem ficou com Garmichel, que assumiu a ponta da prova. Ainda na primeira volta Henrique assumiu a liderança, no entanto, uma queda e problemas na moto o deixaram para trás, perdendo preciosos segundos.

Rafael Becker

 

Pela categoria B, o pedritense Matheus Melo largou em segundo, mas antes do primeiro obstáculo sofreu uma forte queda. Mesmo assim, após perder muito tempo, voltou à pista para tentar uma recuperação. O panorama da prova mudou quando Santiago Leiria, em ritmo muito forte, assumiu a liderança. Cristyan não deixou o líder abrir vantagem e as duas últimas voltas foram eletrizantes. Cristyan fez a penúltima volta mais rápida e encostou de vez no líder, mas Leiria deu o troco na volta seguinte cravando a volta mais rápida da prova (1:42.457) e assegurando a vitória. Rafael Becker foi o vencedor na 50cc A. Guilherme salvador foi o segundo, Matheus Melo, que havia ficado na primeira curva da prova, conseguiu uma grande recuperação e terminou terceiro.

Santiago Leiria

 

Resultado 50cc A

1º - Rafael Becker (Itapiranga/SC)

2º - Guilherme Salvador (Joaçaba/SC)

3º - Matheus Melo (Dom Pedrito)

4º - Gabriel Bilhar (Maratá)

 

Resultado 50cc B

1º - Santiago Leiria (Frederico Westphalem)

2º - Cristyan Eckhardt (Novo Hamburgo)

3º - Garmichel Giehl (Dois Irmãos)

4º - Henrique Henicka (Lajeado)

5º - Kaue Benato (Veranópolis)

 

Intermediária MX1

Gate cheio para a disputa da Intermediária MX1. A categoria teve a participação de pilotos mais experientes, que disputaram os cinco lugares do pódio com os mais novos. Neste “desafio” os mais experientes levaram vantagem. Na largada, Leandro Schwindt e Walter Tardim disputaram palmo a palmo a liderança da prova nas primeiras curvas. Fabiano Ribeiro e Maiara Basso disputaram lado a lado a freada na terceira curva. Fechanvam o primeiro pelotão Eduardo Timm Bergmann, Diego Muliterno, Eliseu Glenart e Maurício Maritan. Tardim assumiu a liderança ainda na primeira volta, assim como Fabiano Ribeiro, que assumiu a terceira colocação. O ritmo de Fabiano foi intenso, tanto que na metade da prova ele já era o segundo colocado. Diego Muliterno entrou na zona de pódio após forte disputa com Maritan. O piloto bem que tentou, mas não conseguiu uma aproximação da quarta colocada, Maiara Basso. No final, vitória de Wakter Tardim, a segunda na etapa.

 

Resultado

1º - Walter Tardim (Nova Friburgo/RJ)

2º - Fabiano Ribeiro (Passo Fundo)

3º - Leandro Schwindt (Novo Hamburgo)

4º - Maiara Basso (Mato Castelhano)

5º - Diego Muliterno (Lagoa Vermelha)

 

MX2

Uma das categorias mais importantes do campeonato começou em alto nível. Leonardo Lizott, Leonardo Sebben, Marçal Müller, Rodrigo Galiotto, Jonatas Migliorini, Gabriel Carbonera, Cristiano Rasia e Gustavo Roratto dividiram a primeira curva na largada da MX2. Logo nas primeiras curvas Lizzot e Marçal Müller começaram uma grande e eletrizante disputa pela liderança. Marçal buscava de todas as maneiras um erro de Lizzot para conseguir a ultrapassagem. Na disputa pelo terceiro lugar, Leonardo Sebben defendeu a posição dos ataques de Mateus Basso, porém, na metade da prova Mateus acabou conseguindo a ultrapassagem. A briga pelo último lugar do pódio foi acirrada entre Douglas Finato, Gabriel Carbonera e Cale Florin. A briga pela vitória foi muito intensa, só um detalhe decidiria o vencedor e foi justamente o que aconteceu. Numa ultrapassagem sobre um retardatário Marçal aproveitou para atacar e assumir a ponta, marcar a volta mais rápida da prova (1:14.000) e conquistando sua primeira vitória da tarde.

Marçal Müller

 

Resultado

1º - Marçal Müller (Nova Hartz)

2º - Leonardo Lizzot (Sertão)

3º - Mateus Basso (Gentil)

4º - Leonardo Sebben (Caxias do Sul)

5º - Gabriel Dupont Carbonera (Sananduva)

 

65cc

A disputada da categorias começou complicado para Bruno Schmitz, dono do melhor tempo nos treinos cronometrados. Assim que o gate caiu o piloto ficou para trás após sofrer uma queda, Pedro Moraes assumiu a ponta seguido por Pedro Magero, Pablo Henrique dos Santos, Arthur de Oliveira e Cristyan Eckhardt. Bruno Pedro Moraes perde a liderança na segunda volta após sofrer uma queda , enquanto isso, Bruno voava baixo atrás de recuperação fazendo volta mais rápida em cima de volta mais rápida, 1:30.906 a melhor delas. Com esse ritmo não demorou para assumir a liderança da prova.

Bruno Schmitz

 

Resultado

1º - Bruno Schmitz (Três Passos)

2º - Pedro Magero (Caxias do Sul)

3º - Arthur de Oliveira (Portão)

4º - Pedro Moraes (Marau)

5º - Cristyan Eckhardt (Novo Hamburgo)

 

MX3

A vitória na MX3 teve sotaque espanhol. O uruguaio Pablo Florin venceu a categoria que foi disputada com gate cheio. Na largada Leandro Schwindt, Fabiano Ribeiro e Pablo Florin dividiram a primeira curva. Um pouco mais atrás, Walter Tardim, Gustavo Visotto e Rodrigo Volcan entraram na curva do arco de chegada disputando a quarta e quinta posição, no entanto, foi na entrada da seção de costelas que a prova ganhou um novo panorama. Fabiano Ribeiro e Pablo Florin assumiram as duas primeiras colocações. Eder Antoniazi, atual campeão da categoria, não fez uma boa largada e teve que recuperar terreno. Antes da metade da prova Pablo Florin, dono da melhor volta (1:19.951), e Walter Tardim, que chegou a estar na liderança da prova, ocupavam as duas primeiras posições, respectivamente. Antoniazzi com um bom ritmo assumiu a terceira colocação.

Pablo Florin

 

Resultado

1º - Pablo Florin (Cardona/Uruguai)

2º - Walter Tardim (Nova Friburgo/RJ)

3º - Eder Antoniazzi (Flores da Cunha)

4º - Fabiano Ribeiro (Passo Fundo)

5º - Leandro Scwindt (Novo Hamburgo)

 

Júnior

Gabriel Della Flora começou a temporada 2014 da mesma maneira que terminou no ano passado, vencendo. No entanto, Felipe Mombach tratou de complicar a vida do atual campeão da categoria. Na largada Mombach assumiu a ponta, com Gabriel em segundo. Os estreantes Bruno Schmitz e Felippe Menuzzi entraram lado a lado na primeira mesa, disputando a terceira colocação. Próximo a eles, Axel França, Joaquin Tornielle, Felipe Moraes, Bruna Zanata e Felipe Migliorini formavam o segundo pelotão. Bruno e Bruna ficaram de fora da prova ainda na primeira volta. Mombach resistiu aos fortes ataques de Della Flora, até que na metade da prova a pressão foi muito forte e na única brecha que Mombach deixou Gabriel assumiu a liderança da prova. Felippe Menuzzi, que assumiu o terceiro lugar, começou a perder rendimento e também a posição para Migliorini. Felipe Moraes bem que tentou encostar para tentar brigar pela quarta colocação, mas uma queda na décima volta o deixou sem chances.

Gabriel Della Flora

 

Resultado

1º - Gabriel Della Flora (Santa Rosa)

2º - Felipe Mombach (Montenegro)

3º - Felipe Migliorini (Marau)

4º - Felippe Menuzzi (Dom Pedrito)

5º - Felipe Moraes (Marau)

 

MX Pró

Na primeira bateria Marçal Müller e Leonardo Sebben entraram nas duas primeiras mesas lado a lado. Na sessão de costelas Marçal assumiu a liderança da prova. Um pouco mais atrás a briga pelo pódio começou acirrada entre Mateus Basso, Leonardo Dambrós, Gustavo Roratto, Leonardo Lizzot e Pablo Florin. O atual campeão da categoria, Douglas Parise, não teve uma boa largada e saiu no segundo pelotão, brigando com Gabriel Carbonera, Rodrigo Galiotto, Cale Florin, Lucas Basso e Douglas Finato. Com a vantagem na liderança, com direito a volta mais rápida (1:15,112), Marçal “viu” a briga pelas demais posições. Todos queriam melhorar seu desempenho para arriscar tudo na segunda bateria. Rorattinho foi à pedra no sapato de Sebben, até que na oitava volta, com problemas na roda dianteira, ele perdeu completamente o rendimento, saindo definitivamente da disputa das primeiras colocações. Mateus Basso, Leonardo Dambrós, Cale Florin e Gabriel Carbonera andaram no mesmo ritmo. Qualquer vacilo poderia significar perda de posição. Leonardo Lizzot, que largou atrás, conseguiu melhorar seu resultado ao ultrapassar Carbonera e assumir a quinta colocação.

 

Na segunda bateria Marçal repetiu o “expediente” de largar muito bem e abrir vantagem na ponta. Leonardo Sebben assumiu o segundo lugar novamente e manteve um bom ritmo para manter a colocação. A briga mais intensa ficou entre Leonardo Dambrós, Cale Florin, Mateus Basso, Pablo Florin e Leonardo Lizzot, que mesmo girando muito alto nas duas primeiras voltas, conseguiu recuperação para chegar próximo do primeiro pelotão. Douglas Parise, que abandonou a primeira bateria na segunda volta, teve um bom rendimento e vindo novamente de trás conseguiu uma ótima colocação.

Pódio MX Pró

 

Overall MX Pró

1º - Marçal Müller (Nova Hartz)

2º - Leonardo Sebben (Caxias do Sul)

3º - Leonardo Dambrós (Gentil)

4º - Mateus Basso (Gentil)

5º - Cale Florin (Cardona/Uruguai)

VEJA TAMBÉM:
Vídeo: Volta Virtual em Southwick
Em 08/07/2016
Após dois anos, a “Caixa de Areia Mais Veloz do Mundo” volta ao AMA Motocross neste sábado. Confira o traçado
Stedile vence e se aproxima da liderança do Brasileiro de Cross Country
Em 05/11/2013
Cidade paranaense de Matinhos recebeu no último fim de semana a quarta etapa do nacional da modalidade
Grã Bretanha anuncia equipe para o Motocross das Nações 2016
Em 22/08/2016
Terra da Rainha será representada por Tommy Searle, Max Anstie e Shaun Simpson em Maggiora
COMENTÁRIOS
Publicidade
211 Bikes MXGP Live
Copyright © 2013 CROSSCLUBE BRASIL. All rights reserved.