Race Report: 10ª etapa AMA Motocross
Por: Renato Dalzochio Jr
Em 10/08/2015
Dungey fatura a 450 em Unadilla e se aproxima do título. Na 250, Savatgy vence pela primeira vez na carreira

Após breve intervalo de uma semana, o AMA Motocross voltou no último sábado (08), com a 10ª etapa do campeonato, disputada em Unadilla, considerada a pista mais europeia do campeonato no seu traçado. Na categoria 450, Ryan Dungey venceu as duas baterias e na pontuação abriu vantagem suficiente para tentar garantir o tricampeonato na penúltima etapa, no próximo sábado. Destaque também para o britânico Shaun Simpson, piloto do Mundial de Motocross que disputou esta etapa e foi o quarto colocado no overall. Na categoria 250, a disputa pelo título entre o atual campeão Jeremy Martin e o francês Marvin Musquin segue pegando fogo, e agora eles estão separados por apenas dois pontos. Mas o destaque ficou por conta de Joey Savatgy, que com a segunda posição nas duas baterias garantiu a primeira vitória de sua carreira em um overall do AMA Motocross.

 

1ª bateria 250

Joey Savatgy fez o holeshot e disparou na frente, seguido por Christian Craig. O francês Marvin Musquin largou em terceiro e começou a pressionar os líderes nas voltas iniciais, mas sofreu um pequeno tombo ao bater na traseira de Craig em uma curva para a esquerda, perdendo algumas posições e permitindo que Chris Alldredge assumisse o terceiro lugar.

Largada primeira bateria 250

 

Líder do campeonato, Jeremy Martin fez uma largada mediana, mas foi constantemente ganhando posições. Na metade da bateria, Martin já era o terceiro colocado, atrás de Alldredge e Savatgy. Não demorou muito para o atual campeão ultrapassar a dupla da Kawasaki e assumir a liderança. Savatgy tentou pressionar Martin por duas voltas, mas sua velocidade não foi párea. Martin venceu a primeira bateria, seguido por Savatgy em segundo e Alldredge em terceiro. Musquin se recuperou até a quarta posição e Craig completou o top 5.

Jeremy Martin

 

2ª bateria 250

RJ Hampshire fez o holeshot na largada, mas rapidamente foi ultrapassado por Savatgy. Jeremy Martin havia largado apenas na 15ª posição. Savatgy estava no caminho certo para vencer a segunda bateria e o overall, fazendo todo o possível para manter Hampshire e Jordon Smith atrás dele. Erros caros fizeram os pilotos da Honda perder várias posições, deixando Savatgy um pouco livre da pressão.

Largada segunda bateria 250

 

Mas a pressão voltou quando Musquin e Cooper Webb assumiram respectivamente a terceira e a segunda posição e posteriormente ultrapassaram Savatgy. A batalha entre Webb e Musquin começou a intensificar-se e depois de brigar com o francês durante algumas voltas, Webb caiu forte. Musquin garantiu a vitória, mas graças a segunda posição nas duas baterias, Savatgy venceu um overall pela primeira vez em sua carreira. Ainda sobre o resultado da bateria, Aaron Plessinger finalizou na terceira posição, Jessy Nelson foi o quarto colocado e Jeremy Martin se recuperou para completar o top 5.

Marvin Musquin

 

Voltando a falar de overall, Savatgy venceu, com Musquin em segundo e Jeremy Martin completando o pódio na terceira posição. Nelson foi o quarto colocado e Alex Martin completou o top 5. No campeonato, a diferença entre Jeremy Martin e Musquin caiu para apenas dois pontos. Savatgy é o terceiro colocado, Zach Osborne o quarto e Nelson fecha o top 5.

Joey Savatgy e a equipe Monster Energy/Pro Circuit/Kawasaki comemorando a vitória

 

1ª bateria 450

Justin Brayton fez o holeshot e disparou na liderança, mas Ryan Dungey largou na segunda posição e rapidamente passou a pressioná-lo. Não muito atrás dos dois, Justin Bogle surpreendentemente largou na terceira posição. Voltando de uma lesão mas obviamente fora da disputa do título da categoria 250, Bogle decidiu encarar a 450 e acertou na decisão.

Largada primeira bateria 450

 

Depois de algumas voltas de congestionamento, os pilotos encontraram seus respectivos ritmos e as posições foram definidas. A essa altura, Dungey já havia assumido a liderança e Justin Barcia precisou de apenas algumas voltas e duas ultrapassagens para assumir a segunda posição. Entretanto, Barcia não foi capaz de igualar o ritmo de Dungey. Bogle passou quase metade da corrida brigando com seu companheiro na equipe Geico Honda, Trey Canard e após várias investidas, Canard finalmente conseguiu fazer a ultrapassagem. Após a ultrapassagem, Bogle começou a perder ritmo e posições, volta após volta. Ele finalizaria apenas na 10ª posição. Dungey recebeu a bandeira quadriculada com 12 segundos de vantagem sobre Barcia. O terceiro colocado foi Canard e a quarta posição ficou com o britânico Shaun Simpson, que aproveitou a folga no calendário do Mundial de Motocross para encarar o AMA Motocross em Unadilla, naquela que é considerada a pista mais europeia do campeonato. O sueco Fredrik Noren completou o top 5.

Ryan Dungey

 

2ª bateria 450

Justin Bogle largou ainda melhor na segunda bateria, fazendo o holeshot e disparando na liderança e trazendo Dungey em seu encalço. No entanto, o líder do campeonato não perdeu tempo e rapidamente assumiu a liderança. Não demorou muito para que Barcia fizesse o mesmo, deixando Bogle em terceiro. O piloto da equipe Geico Honda se esforçou para se manter no grupo dos líderes, mas um erro o mandou direto para o chão algumas voltas depois.

Largada segunda bateria 450

 

Ken Roczen, atual campeão da categoria, e o francês Christophe Pourcel, haviam se enroscado na primeira curva após a largada na primeira bateria, mas nesta segunda bateria largaram melhor e começaram a conquistar posições rumo ao primeiro pelotão. Não demorou muito para que a dupla alcançasse Barcia. Uma vez em segundo, Roczen voltou suas atenções para Dungey e parecia que o jovem alemão iria ultrapassar o piloto da KTM. Porém, Dungey foi lentamente abrindo vantagem.

Ken Roczen

 

Dungey garantiu a vitória, com Roczen em segundo e Pourcel em terceiro. Barcia foi o quarto colocado e Weston Peick completou o top 5. O overall teve vitória de Dungey, com Barcia em segundo e Canard completando o pódio em terceiro. Shaun Simpson se despediu dos EUA na quarta posição e Roczen completou o top 5. No campeonato, a vantagem de Dungey sobre Barcia chegou a 79 pontos e o piloto da KTM pode garantir o tricampeonato já no próximo sábado, com uma etapa de antecedência. Roczen é o terceiro, Blake Baggett o quarto e Pourcel fecha o top 5.

Pódio 450

 

RESULTADOS

Overall 250

1. Joey Savatgy (Kawasaki) 2-2

2. Marvin Musquin (KTM) 4-1

3. Jeremy Martin (Yamaha) 1-5

4. Jessy Nelson (KTM) 6-4

5. Alex Martin (Yamaha) 8-6

6. Shane McElrath (KTM) 7-8

7. Christian Craig (Honda) 5-10

8. Aaron Plessinger (Yamaha) 16-3

9. Matt Bisceglia (Honda) 12-9

10. RJ Hampshire (Honda) 15-7

 

Overall 450

1. Ryan Dungey (KTM) 1-1

2. Justin Barcia (Yamaha) 2-4

3. Trey Canard (Honda) 3-6

4. Shaun Simpson (KTM) 4-8

5. Ken Roczen (Suzuki) 16-2

6. Broc Tickle (Suzuki) 6-9

7. Weston Peick (Yamaha) 12-5

8. Blake Baggett (Suzuki) 13-7

9. Josh Grant (Kawasaki) 9-11

10. Dean Wilson (KTM) 11-10

 

CLASSIFICAÇÃO

250

1. Jeremy Martin 416 Pts

2. Marvin Musquin 414 Pts

3. Joey Savatgy 284 Pts

4. Zach Osborne 277 Pts

5. Jessy Nelson 266 Pts

6. Alex Martin 261 Pts

7. Aaron Plessinger 228 Pts

8. Shane McElrath 208 Pts

9. Matt Bisceglia 195 Pts

10. RJ Hampshire 189 Pts

 

450

1. Ryan Dungey 450 Pts

2. Justin Barcia 371 Pts

3. Ken Roczen 358 Pts

4. Blake Baggett 297 Pts

5. Christophe Pourcel 267 Pts

6. Jason Anderson 263 Pts

7. Broc Tickle 253 Pts

8. Weston Peick 223 Pts

9. Phil Nicoletti 209 Pts

10. Fredrik Noren 206 Pts

VEJA TAMBÉM:
Vídeo: Bastidores Yoshimura Suzuki no AMA Supercross em St. Louis
Em 01/04/2015
Blake Baggett segue lutando para se manter no top 10 das corridas e do campeonato. Confira os bastidores
Enzo Lopes acelera na Califórnia e conquista pré-classificação para o Loretta Lynn’s 2016
Em 16/02/2016
Piloto está em ritmo intensivo de treinos na sua pré-temporada nos EUA, para onde embarcou em janeiro
Vídeo: série Beyond The Finish Line – Episódio 10
Em 10/07/2013
Confira a participação dos pilotos belgas Clement Desalle e Kevin Strijbos no AMA Motocross
COMENTÁRIOS
Publicidade
211 Bikes MXGP Live
Copyright © 2013 CROSSCLUBE BRASIL. All rights reserved.