Race Report: 17ª etapa Campeonato Mundial de Motocross – GP de Benelux
Por: Renato Dalzochio Jr
Em 09/09/2013
Shaun Simpson e Jeffrey Herlings vencem o último GP da temporada 2013, disputado em Lierop. Saiba como foi

Créditos: Youthstream

Obs: confira no final galeria de fotos do GP de Benelux

 

A temporada 2013 do Mundial de Motocross terminou neste domingo (8), com o GP de Benelux, disputado em Lierop na Holanda. O dia amanheceu com muita chuva e embora ela tenha parado antes das corridas começarem, os pilotos das duas categorias mencionaram o quanto a pista estava difícil e exigente. No entanto, estas foram às condições ideais para Shaun Simpson vencer o primeiro GP da sua carreira. Na MX2 Jeffrey Herlings mostrou mais uma vez porque é chamado de o rei da areia, vencendo as duas baterias e terminando a temporada com mais um GP vencido.

 

MX1

Shaun Simpson foi um dos principais protagonistas do fim de semana e todo o paddock estava torcendo para o piloto britânico quando ele cruzou a linha de chegada como vencedor do GP. Simpson fez duas corridas fortes e admitiu que as condições foram realmente favoráveis, porque ele ama a areia e não se importa de correr em condições escorregadias. Simpson fez duas boas largadas mas enquanto na primeira bateria ele venceu liderando quase toda a corrida, na segunda ele teve que brigar muito com Strijbos, Bobryshev e Desalle no início, e com De Dycker nas últimas voltas, para finalizar em terceiro. Com a vitória no overall Simpson se tornou o último vencedor da história da categoria MX1, já que em 2014 ela passa a se chamar MXGP. Ele explicou que se sentia muito orgulhoso por isso, assim como também por ser o primeiro britânico a subir no pódio em um GP do mundial desde Billy Mackenzie em 2007.

Shaun Simpson

 

A segunda posição no overall do GP de Benelux ficou com Kevin Strijbos, segundo colocado nas duas baterias. O belga conseguiu o seu objetivo de subir para a quarta posição no campeonato, mas ficou um pouco decepcionado por não conseguir a vitória. Ele admitiu que não conseguiu se sentir bem com a pista, especialmente na segunda bateria, e por isso não foi capaz de manter um ritmo que lhe permitisse brigar pela vitória.

Kevin Strijbos

 

O campeão Antonio Cairoli estava um pouco decepcionado, porque queria encerrar o campeonato com mais uma vitória em overall. O italiano dominou a segunda bateria do início ao fim, mas um problema na roda traseira lhe deixou apenas na quarta posição na primeira bateria. Cairoli admitiu que adotou uma pilotagem mais segura nos minutos iniciais da primeira bateria, já que estava andando de 450cc (andou o campeonato todo de 350cc). Depois de 20 minutos ele começou a se sentir confiante e aumentou o ritmo, na tentativa de alcançar Simpson, e quando estava prestes a assumir a liderança, “perdeu” a traseira e foi ao chão. Mesmo com os problemas na roda traseira, ele ainda conseguiu finalizar em quarto.

Antonio Cairoli

 

Evgeny Bobryshev fez duas boas corridas, dando o melhor de si para terminar no pódio, mas acabou finalizando em quarto, à frente de Ken De Dycker. O russo andou muito forte nas voltas iniciais da primeira bateria, mas cometeu vários erros que o derrubaram da primeira para a quarta posição. No entanto, na última volta ele conseguiu ultrapassar Cairoli e finalizar em terceiro. Na segunda bateria Bobryshev estava determinado a fazer uma forte corrida, mas após uma excelente largada em terceiro, ele caiu para o sexto lugar. Com duas voltas para o final o russo superou Desalle cruzou a linha de chegada em quinto.

Evgeny Bobryshev

 

Ken De Dycker foi quinto na primeira bateria e quarto na segunda, obtendo a quinta posição no overall e o terceiro lugar no campeonato. De Dycker explicou que na primeira bateria ele não conseguiu encontrar boas linhas no traçado e andou muito lento. Então, a equipe oficial KTM decidiu fazer algumas mudanças na suspensão de sua moto para a segunda bateria. O belga largou mal, parou duas vezes na primeira volta, deu tudo de si e subiu para o segundo lugar. Entretanto, cometeu vários erros e finalizou em quarto.

Ken De Dycker

 

No campeonato Cairoli terminou com 90 pontos de vantagem sobre o belga Clement Desalle. De Dycker finalizou em terceiro, Strijbos em quarto e o francês Gautier Paulin fechou o top 5.

Pódio MX1

 

MX2

Jeffrey Herlings recebeu o troféu de primeiro lugar na frente de sua torcida, graças a mais uma vitória em overall, após faturar as duas baterias. O holandês liderou a primeira bateria do início ao fim, mas na segunda ele caiu na quinta volta e perdeu uma posição. Herlings admitiu que bateu o ombro fraturado na queda e lutou muito para recuperar o ritmo, mas no final da corrida ele começou a se sentir melhor e conseguiu ultrapassar Glenn Coldenhoff e vencer a corrida.

Jeffrey Herlings

 

Dylan Ferrandis voltou ao pódio neste fim de semana após finalizar em segundo na primeira bateria e terceiro na segunda. O francês já havia feito uma boa largada na classificatória de sábado e neste domingo estava focado em fazer duas corridas consistentes, sem erros, e ficou muito satisfeito com o segundo lugar no overall.

Dylan Ferrandis

 

Jordi Tixier correu com um pouco de dor no pulso que ele machucou em Matterley Basin há duas semanas atrás e admitiu que lutou para pilotar corretamente nos primeiros 20 minutos das duas baterias. Na primeira ele conseguiu fazer uma corrida consistente e finalizou em terceiro, mas na segunda sofreu uma forte queda e torceu o pulso novamente. O francês finalizou em quarto na corrida e em terceiro no overall.

Jordi Tixier

 

Petar Petrov estava ansioso para correr em Lierop, porque ele adora andar na areia e sabia que tinha algumas possibilidades de terminar no pódio. Na primeira bateria ele largou mal, em décimo terceiro, mas fez uma impressionante recuperação e finalizou em quarto. Na segunda ele andou em quarto nas primeiras voltas, mas não conseguiu segurar Tixier e finalizou em quinto, resultado que lhe rendeu a quarta posição no overall.

Petar Petrov

 

A quinta posição ficou com Romain Febvre, graças ao sexto lugar na primeira bateria e o sétimo na segunda. Foi um GP muito difícil para o jovem piloto francês, mas ele conseguiu fazer duas baterias e terminou entre os cinco melhores da categoria, à frente de pilotos como Dean Ferris, Christophe Charlier e Alexander Tonkov.

Romain Febvre

 

No campeonato Herlings terminou com 135 pontos de vantagem para Tixier. O espanhol José Butrón finalizou na terceira posição, enquanto o francês Christophe Charlier foi o quarto colocado. O holandês Glenn Coldenhoff fechou o top 5.

Pódio MX2

 

RESULTADO

Overall MX1

1. Shaun Simpson (Yamaha)

2. Kevin Strijbos (Suzuki)

3. Antonio Cairoli (KTM)

4 . Evgeny Bobryshev (Honda)

5. Ken de Dycker (KTM)

6. Tommy Searle (Kawasaki)

7. Gautier Paulin (Kawasaki)

8. Jeremy van Horebeek (Kawasaki)

9. Clement Desalle (Suzuki)

10. Rick Satink (Yamaha)

 

Overall MX2

1. Jeffrey Herlings (KTM)

2. Dylan Ferrandis (Kawasaki)

3. Jordi Tixier (KTM)

4 . Petar Petrov (Yamaha)

5. Romain Febvre (KTM)

6. Dean Ferris (Yamaha)

7. Christophe Charlier (Yamaha)

8. Aleksandr Tonkov (Honda)

9. Glenn Coldenhoff (KTM)

10. Jake Nicholls (KTM)

 

CLASSIFICAÇÃO FINAL

MX1

1. Antonio Cairoli – 761 Pts

2. Clement Desalle – 671 Pts

3. Ken de Dycker – 607 Pts

4 . Kevin Strijbos – 553 Pts

5. Gautier Paulin – 539 Pts

6. Tommy Searle – 487 Pts

7. Jeremy van Horebeek – 431 Pts

8. Evgeny Bobryshev – 348 Pts

9. Shaun Simpson – 316 Pts

10. Max Nagl – 314 Pts

 

MX2

1. Jeffrey Herlings – 742 Pts

2. Jordi Tixier – 607 Pts

3. José Butrón – 518 Pts

4 . Christophe Charlier – 490 Pts

5. Glenn Coldenhoff – 472 Pts

6. Dean Ferris – 463 Pts

7. Jake Nicholls – 424 Pts

8. Alessandro Lupino – 330 Pts

9. Dylan Ferrandis – 329 Pts

10. Max Anstie – 320 Pts

VEJA TAMBÉM:
Red Bull Minas Riders 2017: Prólogo e resultados do primeiro dia
Em 19/05/2017
Alfredo Gomez foi o mais rápido no prólogo, mas Graham Jarvis faturou o primeiro dia. Resultados, fotos e vídeo
Inscrições abertas para o Brasileiro de Enduro FIM em Biguaçu (SC)
Em 04/05/2015
Cidade catarinense recebe a terceira e a quarta etapa da temporada 2015 nos dias 23 e 24 de maio
Equipes já trabalham na montagem da pista do Arena Cross em Ilhabela (SP)
Em 13/05/2016
Ingressos continuam disponíveis nos pontos de troca. Prova será no dia 21 de maio, no litoral norte paulista
COMENTÁRIOS
Publicidade
211 Bikes MXGP Live
Copyright © 2013 CROSSCLUBE BRASIL. All rights reserved.