Race Report: 2ª etapa AMA Supercross 2014
Por: Renato Dalzochio Jr
Em 12/01/2014
Ryan Villopoto e Jason Anderson foram os vencedores da noite no Chase Field, em Phoenix no Arizona. Saiba mais

*Confira no final da reportagem uma galeria com 48 fotos das corridas.

Créditos: Jeff Kardas

 

Ryan Villopoto voltou a ser o Ryan Villopoto que os fãs estão acostumados a ver, durante a segunda etapa da temporada 2014 do AMA Supercross, disputada na noite deste sábado (11), no Chase Field, em Phoenix no Arizona. O atual campeão trabalhou duro para se recuperar de uma largada medíocre no Main Event e roubar a vitória de Justin Brayton, que liderou a maior parte da corrida. Ryan Dungey conquistou um sólido terceiro lugar, enquanto o alemão Ken Roczen, vencedor da etapa de abertura no sábado passado em Anaheim I, caiu logo no início e se recuperou até a sexta posição.

 

Já no Main Event da categoria 250 costa Oeste, Jason Anderson conquistou sua segunda vitória consecutiva de forma similar a da semana passada em Anaheim, ultrapassando Cole Seely na última volta. Zach Osborne novamente completou o pódio na terceira posição.
 

450

Na largada foi o australiano Matt Moss quem fez o holeshot e saiu na frente, mas na segunda curva ele já havia sido superado por Justin Brayton. Ryan Dungey também despachou Moss ainda na primeira volta, que depois de completada tinha Brayton em primeiro, Dungey em segundo, Justin Barcia em terceiro, Moss em quarto, Ken Roczen em quinto, Andrew Short em sexto e James Stewart em sétimo. O atual campeão Ryan Villopoto completou a primeira volta na nona posição.

Largada 450

 

Barcia repentinamente ameaçou a liderança de Brayton, fazendo uma investida mais séria de ultrapassagem na sexta volta, porém, Brayton forçou o piloto da Honda em uma sessão de encaixes e quase causou um acidente. Dungey estava próximo e aproveitou o infortúnio de Barcia para assumir a segunda posição. Algumas curvas mais tarde Ken Roczen e Ryan Villopoto se juntaram a Dungey e Barcia, iniciando uma fantástica batalha pela vice-liderança. Roczen acabou se retirando da disputa após sofrer um tombo. Na metade da corrida, Brayton liderava mas Dungey e Villopoto estavam praticamente colados na sua roda traseira. Na volta 12 Villopoto voou na sessão de costelas, ultrapassando Dungey na curva seguinte, e em seguida partiu para cima de Brayton. Levou mais uma volta para o atual campeão encontrar a melhor oportunidade de ultrapassar o piloto da Yamaha. Dungey foi o próximo a pressionar Brayton, mas volta após volta o piloto da Yamaha foi capaz de ganhar uma pequena vantagem na sessão de costelas e respirar um pouco aliviado.

Justin Brayton

 

Na última volta Brayton usou sua impressionante velocidade nas costelas para se aproximar de Villopoto, mas já era tarde e o piloto da Kawaski garantiu a primeira vitória de sua carreira em Phoenix na categoria 450. Brayton foi o segundo e Dungey completou o pódio na terceira posição. Stewart foi o quarto e Barcia completou o top 5.

Ryan Villopoto

 

Com estes resultados, Villopoto assumiu a liderança do campeonato com 43 pontos, apenas um na frente de Dungey. Roczen, que finalizou em sexto, é o terceiro com 40, enquanto Brayton ocupa a quarta posição com 37 pontos. Barcia e o australiano Chad Reed (nono colocado) fecham o top 5 com 32 pontos cada um.

Pódio 450

 

250 costa Oeste

Na largada foi Cooper Webb quem fez o holeshot e disparou na frente, trazendo Jason Anderson e Cole Seely em seu encalço. Anderson colou em Webb ainda na primeira volta, e o contato entre os dois foi o suficiente para Seely fazer uma ultrapassagem dupla e assumir a liderança. Momentos depois Webb foi empurrado para fora da pista um pouco antes da sessão de areia e perdeu mais algumas posições.

Largada 250 costa Oeste

 

Lá na frente, Seely era a imagem perfeita da concentração, fazendo voltas perfeitas a bordo de sua Honda. No entanto, Anderson estava pilotando forte também, mantendo-se sempre próximo da roda traseira do líder. Um pequeno erro de Anderson na saída de uma curva na volta 12 permitiu que Seely abrisse uma pequena vantagem, mas a corrida não estava decidida. Ao receber a bandeira branca, indicando a última volta, foi Seely quem errou e permitiu que Anderson se aproximasse perigosamente. O piloto da KTM ultrapassou Seely com autoridade algumas curvas depois, para garantir sua segunda vitória na temporada. Zach Osborne completou o pódio na terceira posição, Dean Wilson foi o quarto e Malcom Stewart completou o top 5.

Cole Seely

 

“Eu não vou deixar este campeonato escapar. Cole fez uma grande corrida, mas ultrapassar os retardatários nas voltas finais é algo que você não tem como planejar. Eu vi uma oportunidade fui para cima. Quero ganhar todas as corridas a partir de agora e sinto que a minha aptidão está boa”, disse Anderson.

Jason Anderson

 

Com estes resultados Anderson segue na liderança do campeonato, agora com 50 pontos. Seely é o segundo com 44, Osborne o terceiro com 40, Wilson o quarto com 36 e Webb fecha o top 5 com 31 pontos.

Pódio 250 costa Oeste

 

RESULTADOS

450

1. Ryan Villopoto (Kawasaki)

2. Justin Brayton (Yamaha)

3. Ryan Dungey (KTM)

4. James Stewart (Suzuki)

5. Justin Barcia (Honda)

6. Ken Roczen (KTM)

7. Andrew Short (KTM)

8. Broc Tickle (Suzuki)

9. Chad Reed (Kawasaki)

10. Wil Hahn (Honda)

11. Matt Moss (Suzuki)

12. Ivan Tedesco (KTM)

13. Nicholas Wey (Kawasaki)

14. Vince Friese (Honda)

15. Matthew Goerke (KTM)

16. Kyle Chisholm (Yamaha)

17. Mike Alessi (Suzuki)

18. Jacob Weimer (Kawasaki)

19. Kyle Partridge (Honda)

20. Nicholas Schmidt (Honda)

21. Weston Peick (Suzuki)

22. Chris Blose (Honda)

 

250 costa Oeste

1. Jason Anderson (KTM)

2. Cole Seely (Honda)

3. Zach Osborne (Honda)

4. Dean Wilson (Kawasaki)

5. Malcolm Stewart (Honda)

6. Cooper Webb (Yamaha)

7. Dean Ferris (KTM)

8. Justin Hill (Kawasaki)

9. Jessy Nelson (Honda)

10. Cole Martinez (Kawasaki)

11. Scott Champion (Yamaha)

12. Shane McElrath (Honda)

13. Austin Burns (Honda)

14. Darryn Durham (Kawasaki)

15. Chris Plouffe (Honda)

16. Colton Aeck (Honda)

17. Dakota Tedder (Kawasaki)

18. Aaron Siminoe (Kawasaki)

19. Ruben Alanis (KTM)

20. Killian Auberson (KTM)

21. Conner Elliott (Honda)

22. Jake Canada (Honda)

 

CLASSIFICAÇÃO

450

1. Ryan Villopoto – 43 Pts (1 vitória)

2. Ryan Dungey – 42 Pts

3. Ken Roczen – 40 Pts (1 vitória)

4. Justin Brayton – 37 Pts

5. Chad Reed – 32 Pts

6. Justin Barcia – 32 Pts

7. Andrew Short – 26 Pts

8. Broc Tickle – 26 Pts

9. James Stewart – 22 Pts

10. Wil Hahn – 21 Pts

11. Matt Moss – 18 Pts

12. Josh Grant – 14 Pts

13. Jacob Weimer – 14 Pts

14. Mike Alessi – 13 Pts

15. Ivan Tedesco – 10 Pts

16. Nicholas Wey – 8 Pts

17. Nicholas Schmidt – 8 Pts

18. Kyle Partridge – 8 Pts

19. Vince Friese – 7 Pts

20. Matthew Goerke – 7 Pts

 

250 costa Oeste

1. Jason Anderson – 50 Pts (1 vitória)

2. Cole Seely – 44 Pts

3. Zach Osborne – 40 Pts

4. Dean Wilson – 36 Pts

5. Cooper Webb – 31 Pts

6. Malcolm Stewart – 29 Pts

7. Justin Hill – 28 Pts

8. Jessy Nelson – 24 Pts

9. Darryn Durham – 21 Pts

10. Dean Ferris – 21 Pts

11. Shane Mcelrath – 14 Pts

12. Cole Martinez – 12 Pts

13. Scott Champion – 12 Pts

14. Dakota Tedder – 12 Pts

15. Austin Politelli – 11 Pts

16. Michael Leib – 10 Pts

17. Jake Canada – 10 Pts

18. Austin Burns – 8 Pts

19. Zachary Bell – 6 Pts

20. Chris Plouffe – 6 Pts

VEJA TAMBÉM:
Guia: AMA Supercross em Indianapolis
Em 13/03/2015
Nosso guia prático está de volta com tudo que você precisa saber sobre a 11ª etapa do campeonato
AMA SX em Seattle: Cronometragem ao vivo no Cross Clube Brasil
Em 20/04/2013
Acompanhe em tempo real as corridas volta a volta no CenturyLink Field
AMA Motocross: Jeremy Martin fraturou duas costelas em Washougal
Em 28/07/2016
Piloto Yamalube / Star Racing Yamaha foi atropelado em engavetamento na largada da 2ª bateria da categoria 250
COMENTÁRIOS
Publicidade
211 Bikes MXGP Live
Copyright © 2013 CROSSCLUBE BRASIL. All rights reserved.