Race Report: 8ª etapa Campeonato Mundial de Motocross – GP da França
Por: Renato Dalzochio Jr
Em 01/06/2015
Romain Febvre conquista primeira vitória em casa na categoria MXGP. Jeffrey Herlings volta a dominar a MX2

Um deleite para os milhares de fãs franceses extremamente entusiasmados que lotaram a encosta do tradicional circuito de Villars sous Ecot, para testemunhar a 8ª etapa da temporada 2015 do Campeonato Mundial de Motocross, o GP da França, disputado no último domingo, dia 31 de maio. Pilotando em casa, Romain Febvre teve uma performance de arrepiar os cabelos, garantindo a primeira vitória de sua carreira em um overall da categoria MXGP. Enquanto isso, na MX2, Jeffrey Herlings se recuperou de seu breve mergulho em resultados ruins para conquistar seu primeiro overall com vitória nas duas baterias desde o GP da Europa em Valkenswaard, disputado há um mês.

 

MXGP

Vencer um GP em casa deve ser um sentimento único para qualquer piloto e o francês Romain Febvre da equipe Yamaha Factory Racing Yamalube teve este privilégio. Quando ele subiu no degrau mais alto do pódio, pôde sentir o “alvoroço” da multidão francesa, que torceu por ele durante todo o domingo. Quando questionado sobre esta sensação, Febvre disse: “É muito legal! Eu espero que não seja a última vez e vou trabalhar para isso!”

Romain Febvre

 

O russo Evgeny Bobryshev da equipe HRC Honda, segundo colocado no overall, disse: “Parece que é a primeira vez que piso no pódio, pois tive tantas lesões ao longo dos últimos anos”.

Evgeny Bobryshev

 

Foi um fim de semana estranho para o italiano Antonio Cairoli da equipe oficial Red Bull KTM, atual campeão da categoria. Após um desempenho ruim na bateria classificatória de sábado, Cairoli se redimiu com uma vitória na primeira bateria do domingo. Na segunda ele largou mal e finalizou apenas na sétima posição. Mesmo assim, garantiu o último degrau do pódio no overall.

Antonio Cairoli

 

Líder do campeonato, o alemão Max Nagl da equipe oficial Red Bull IceOne Husqvarna perdeu dois pontos para Cairoli com o seu quarto lugar no overall. Em contrapartida, Nagl “se livrou” do belga Clement Desalle da equipe Rockstar Energy Suzuki World, até então segundo colocado na classificação do campeonato. Desalle completou apenas uma volta na primeira bateria ao tentar competir com o ombro deslocado, lesão sofrida na bateria classificatória de sábado.

Max Nagl

 

Completando o top 5 do overall, o australiano Dean Ferris da equipe Wilvo Nestaan Husqvarna Factory Racing colocou seu nome de volta no mapa com duas largadas incríveis e duas performances sólidas (4º colocado nas duas baterias), garantindo seu melhor resultado na temporada.

Dean Ferris

 

Na classificação do campeonato, Cairoli assumiu a vice-liderança, mas está 19 pontos atrás de Nagl. Desalle caiu para terceiro, Febvre é o quarto colocado e o francês Gautier Paulin da equipe HRC Honda fecha o top 5.

Pódio MXGP

 

Overall MXGP

1. Romain Febvre – Yamaha

2. Evgeny Bobryshev – Honda  

3. Antonio Cairoli – KTM

4. Max Nagl – Husqvarna

5. Dean Ferris – Husqvarna

6. Glenn Coldenhoff – Suzuki

7. Jeremy Van Horebeek – Yamaha

8. Ken de Dycker – KTM

9. Shaun Simpson – KTM

10. Todd Waters – Husqvarna

 

Classificação MXGP

1. Max Nagl – 332 Pts  

2. Antonio Cairoli – 313 Pts

3. Clement Desalle – 291 Pts

4. Romain Febvre – 282 Pts

5. Gautier Paulin – 252 Pts

6. Evgeny Bobryshev – 247 Pts

7. Shaun Simpson – 169 Pts

8. Todd Waters – 138 Pts

9. Glenn Coldenhoff – 134 Pts

10. Ken de Dycker – 133 Pts

 

MX2

Jeffrey Herlings está de volta. O holandês da equipe oficial Red Bull KTM finalmente voltou a faturar um overall vencendo as duas baterias com seu tradicional estilo de pilotagem (dominante).  Herlings disse: “Não foi fácil hoje. Esse não é o meu estilo de pista favorito. Eu sou da Holanda, gosto de areia e pista plana. Aqui a pista é na montanha, dura e rochosa, por isso foi difícil, mas venci”.

Jeffrey Herlings

 

Tim Gajser da equipe Honda Gariboldi foi o segundo colocado no overall. O esloveno disse que só queria permanecer em cima da moto (não sofrer tombos) neste fim de semana após alguns erros cometidos nas últimas corridas. Esta abordagem era, evidentemente, a melhor maneira de enfrentar o exigente circuito, liso e nervoso como ele mesmo descreveu.

Tim Gajser

 

Foi um dia muito épico para o francês Jordi Tixier da equipe oficial Monster Energy Kawasaki, atual campeão da categoria. O desempenho consistente, com o terceiro lugar nas duas baterias, lhe garantiu o último degrau do pódio no overall. Tixier sorriu e disse: “Eu não sei quanto a vocês, mas para mim esta foi definitivamente a melhor multidão que tivemos. Quando assumi a liderança na corrida, não consegui ouvir nada, apenas as pessoas, foi incrível!”

Jordi Tixier

 

O letão Pauls Jonass da equipe oficial Red Bull KTM teve mais um dia suave e consistente. Duas boas largadas lhe renderam o sétimo lugar na primeira bateria e o quarto na segunda, o que lhe garantiu a quarta posição no overall.

Pauls Jonass

 

Valentin Guillod da equipe Standing Construct Yamaha Racing Yamalube completou o top 5 do overall. Mas o resultado não reflete o desempenho do suíço. Na primeira bateria ele levou a multidão a loucura ao finalizar na segunda posição, logo atrás de Herlings. Infelizmente na segunda bateria ele se chocou com outro piloto e caiu forte. Mesmo com a moto torta ele conseguiu se recuperar de forma impressionante, finalizando na 13ª posição.

Valentin Guillod

 

Na classificação do campeonato, Herlings abriu 112 pontos de vantagem para Guillod. Jonass é o terceiro colocado, Tixier o quarto e o russo Aleksandr Tonkov fecha o top 5.

Pódio MX2

 

Overall MX2

1. Jeffrey Herlings – KTM  

2. Tim Gajser – Honda

3. Jordi Tixier – Kawasaki

4. Pauls Jonass – KTM

5. Valentin Guillod – Yamaha

6. Aleksandr Tonkov – Husqvarna

7. Petar Petrov – Kawasaki

8. Jeremy Seewer – Suzuki

9. Max Anstie – Kawasaki

10. Vsevolod Brylyakov – Honda

 

Classificação MX2

1. Jeffrey Herlings – 358 Pts

2. Valentin Guillod – 246 Pts  

3. Pauls Jonass – 245 Pts  

4. Jordi Tixier – 229 Pts

5. Aleksandr Tonkov – 218 Pts

6. Tim Gajser – 209 Pts

7. Jeremy Seewer – 208 Pts  

8. Dylan Ferrandis – 205 Pts

9. Julien Lieber – 184 Pts

10. Max Anstie – 183 Pts

VEJA TAMBÉM:
Bragança Paulista vai receber Superliga Brasil de Motocross em Julho
Em 16/04/2015
Provas serão transmitidas ao vivo pelos canais SporTV e Bandsports, além do site Cross Clube Brasil
Organização do Arena Cross intensifica montagem da estrutura da segunda etapa
Em 06/08/2013
Penha, localizada no litoral norte catarinense, sedia tradicional competição no próximo dia 17
5 Minutos com o Team Brasil Motocross das Nações 2015
Em 26/06/2015
Entrevista com Thales Vilardi, Fabio Santos e Jean Ramos, equipe brasileira para o MX das Nações 2015, na França
COMENTÁRIOS
Publicidade
211 Bikes MXGP Live
Copyright © 2013 CROSSCLUBE BRASIL. All rights reserved.